Como fazer portabilidade de plano de saúde? Dicas e passo a passo

Mulher olhando para um notebook em uma sala de estar com papéis de contas do plano de saúde ao seu redor.
Descubra como fazer a portabilidade do plano de saúde de forma descomplicada e eficiente.

A portabilidade de plano de saúde é um processo que permite ao beneficiário trocar de plano de saúde, mantendo as mesmas condições contratadas, como carências e coberturas, sem precisar cumprir novos prazos de espera. Essa possibilidade foi instituída pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e oferece diversas vantagens aos consumidores. 

O que é portabilidade de plano de saúde?

A portabilidade do plano de saúde é a possibilidade de trocar o plano de saúde atual por outro, obedecendo algumas regras determinantes pela ANS. Essa opção permite que os beneficiários migrem para uma nova operadora de planos de saúde sem perder as condições já conquistadas no plano atual, como carências já cumpridas e coberturas contratadas.

Imagine que você está satisfeito com seu plano de saúde atual, mas descobriu que uma outra operadora oferece uma cobertura mais abrangente ou uma rede de hospitais e médicos mais conveniente para você. A portabilidade de plano de saúde é a solução perfeita para esse tipo de situação.

Além disso, a portabilidade também é uma alternativa para quem está insatisfeito com a qualidade do atendimento ou com o valor das mensalidades do plano atual.

Ao exercer o direito de portabilidade, o beneficiário tem a oportunidade de encontrar um plano de saúde que atenda melhor às suas necessidades e expectativas.

Como saber se posso fazer a portabilidade do meu plano de saúde?

Existem alguns requisitos a serem cumpridos para fazer a portabilidade do plano de saúde. É importante verificar se o contrato do plano atual possui pelo menos dois anos de vigência ou três anos, se houve utilização da Cobertura Parcial Temporária (CPT). 

Além disso, é necessário que o plano de destino seja compatível com o plano atual em termos de abrangência geográfica e tipo de contratação.

Além desses requisitos, é fundamental estar atento a outros aspectos antes de realizar a portabilidade do plano de saúde. Um desses aspectos é a análise da rede credenciada do plano de destino. É importante verificar se os médicos, laboratórios e hospitais que você utiliza estão incluídos na nova operadora. Desta forma, você garante que não terá problemas para marcar consultas ou realizar exames.

Outro ponto importante é a cobertura oferecida pelo plano de destino. 

Verifique se o novo plano possui as mesmas coberturas que você já possui no plano atual, como consultas, exames, internações, cirurgias, entre outros. É essencial que o plano de destino atenda às suas necessidades de saúde, para que você não tenha surpresas oferecidas no futuro.

Passo a passo para fazer a portabilidade do plano de saúde.

  1. Verifique se o seu plano atual atende aos requisitos para a portabilidade;
  2. Procure o plano de destino que melhor atenda às suas necessidades;
  3. Solicite à operadora do plano de destino uma proposta de adesão;
  4. Obtenha do plano atual o Documento de Informações Cadastrais (DIC) ou o Comprovante de Rescisão Contratual (CRC);
  5. Envie a proposta de adesão junto com o DIC ou CRC para a operadora do plano de destino;
  6. Aguarde a análise do pedido de portabilidade pela operadora do plano de destino;
  7. Caso a portabilidade seja aceita, proceda com o cancelamento do plano atual;
  8. Realize a adesão ao novo plano de saúde.

Realizar a portabilidade do plano de saúde pode ser um processo simples e vantajoso para muitas pessoas. No entanto, é importante compreender todos os passos envolvidos para garantir uma transição tranquila e sem complicações.

Lembre-se de que a portabilidade do plano de saúde é um direito do consumidor e pode trazer benefícios como a possibilidade de trocar de operadora sem cumprir novas carências. No entanto, é importante analisar todas as informações e tomar uma decisão consciente, levando em consideração as suas necessidades e expectativas em relação ao novo plano.

Quais são os benefícios da portabilidade do plano de saúde?

A portabilidade do plano de saúde oferece diversos benefícios, tais como:

  • Manutenção das condições contratuais, como carências já cumpridas;
  • Mudança para um plano de saúde com melhor cobertura ou preço mais acessível;
  • Migração para uma operadora com melhor qualidade e atendimento;
  • Escolha de um plano de saúde que atenda melhor às suas necessidades e perfil.

Além desses benefícios, a portabilidade do plano de saúde também traz outras vantagens que podem fazer toda a diferença na vida dos beneficiários. Uma delas é a possibilidade de ter acesso a uma rede de médicos e hospitais mais ampla. 

Com a portabilidade, é possível escolher um plano que ofereça uma ampla rede credenciada, garantindo um maior leque de opções na hora de buscar atendimento médico.

Outro benefício importante da portabilidade é a flexibilidade. Com essa opção, o beneficiário tem a liberdade de trocar de plano de saúde de acordo com suas necessidades e mudanças em sua vida. Por exemplo, se os beneficiários mudarem de cidade ou de estado, poderão fazer a portabilidade para um plano que atenda melhor à nova localidade.

Dicas para facilitar o processo de portabilidade do plano de saúde.

Para facilitar o processo de portabilidade do plano de saúde, é recomendado:

  • Pesquisar e comparar as opções de planos de saúde disponíveis no mercado;
  • Verificar se o plano de destino possui uma rede credenciada de hospitais e clínicas adequadas às suas necessidades;
  • Solicitar informações sobre as coberturas e serviços oferecidos pelo novo plano;
  • Ler atentamente o contrato e tire todas as dúvidas antes de realizar a portabilidade;
  • Entrar em contato com a operadora do plano de destino para esclarecer qualquer dúvida ou obter ajuda durante o processo.

Quais são os prazos e limitações para fazer a portabilidade do plano de saúde?

Existem prazos e limitações para realizar a portabilidade do plano de saúde. O beneficiário tem até 60 dias após a data de aniversário do contrato para solicitar a portabilidade. Além disso, a portabilidade só pode ser realizada uma vez a cada 2 anos, exceto nos casos de adaptação das regras pela ANS.

Como um advogado especialista em plano de saúde pode me ajudar caso ocorra algum problema nesse processo?

Em caso de problemas durante o processo de portabilidade do plano de saúde, um advogado especialista na área de plano de saúde pode auxiliar o beneficiário na defesa de seus direitos. 

O advogado irá analisar a situação, avaliar a previsão de uma ação judicial e apresentar as melhores soluções para resolver o problema de forma adequada.

Outro ponto importante é que caso a motivação para o seu pedido de portabilidade seja pelo valor do plano não está cabendo mais no seu bolso saiba que existem outros caminhos. Existe  também a possibilidade de entrar com uma ação voltada para a revisão dos valores da sua mensalidade além de lhe permitir receber de volta o que pagou indevidamente nos últimos 03 anos.

Os principais problemas que posso encontrar ao fazer a portabilidade do plano de saúde?

Ao fazer a portabilidade do plano de saúde, alguns problemas podem surgir, tais como:

  • Demora na análise do pedido de portabilidade pela nova operadora;
  • Incompatibilidade das condições contratuais entre o plano atual e o plano de destino;
  • Dificuldade em obter as informações necessárias do plano atual;
  • Informações incompatíveis sobre coberturas e serviços do novo plano de saúde.

Quais são os documentos necessários para fazer a portabilidade do plano de saúde?

Para fazer a portabilidade do plano de saúde, alguns documentos são necessários, tais como:

  • Documento de Informações Cadastrais (DIC) ou Comprovante de Rescisão Contratual (CRC) do plano atual;
  • Proposta de adesão ao plano de destino;
  • Outros documentos que podem ser exigidos pela operadora do plano de destino.

 

A portabilidade de plano de saúde, regulamentada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), oferece aos beneficiários a possibilidade de mudar de operadora mantendo as condições contratuais, como carências e coberturas, sem a necessidade de novos períodos de espera. 

Esse processo não só garante maior satisfação e flexibilidade aos consumidores, permitindo-lhes escolher planos que melhor atendam às suas necessidades e expectativas, mas também encoraja uma pesquisa cuidadosa sobre as opções disponíveis, assegurando a compatibilidade e a adequação das coberturas.

Seguir as diretrizes estabelecidas e preparar-se para possíveis desafios, potencialmente com o apoio de um advogado especializado, pode facilitar uma transição tranquila para um novo plano de saúde, maximizando os benefícios dessa escolha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5/5

Somos NOTA MÁXIMA nas avaliações de clientes.

Ótimo atendimento.
Giselle Azevedo
Giselle Azevedo
07/02/2023
Muito atenciosa
Gabriela Romão
Gabriela Romão
06/02/2023
Profissionais de confiança, atendimento de qualidade e ambiente confortável!
Ana Romão
Ana Romão
06/02/2023
Excelente atendimento, muito atenciosos e comprometidos!
Caique hage
Caique hage
06/02/2023
Atendimento excepcional! Profissionais qualificados e a estrutura é maravilhosa. Recomendo muito
Marina Andrade
Marina Andrade
06/02/2023
Ótima!
Eduarda Lisboa
Eduarda Lisboa
06/02/2023
Ótimo trabalho e credibilidade ao cliente.
Thyellen Oliveira
Thyellen Oliveira
06/02/2023